segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Réquiem

Despediu-se da vida e descansa na Paz do Senhor, 
Caio Celidônio, 
nome tradicional da história maringaense. Convalescia de grave enfermidade há algum tempo e agora descansa. À esposa Suzana Kurtz Celidônio e família o abraço.
Pioneiro maringaense, engenheiro agrônomo, ex-funcionário da Carteira Agrícola do Banco do Brasil, pecuarista e agricultor foi um dos fundadores/presidente do Clube Hípico de Maringá.
**
Velado na Capela do Prever/Cemitério Parque, e sepultamento hoje, quarta-feira, às 15 horas.



Nenhum comentário: