quinta-feira, 4 de maio de 2017

Montanhista Pedro Abrão, no feriadão de segunda..."Com certeza a travessia que mais me ensinou até hoje ! Via Ferrata, acesso ao cume da Pedra do Baú. Neste primeiro dia sai de São Bento do Sapucaí , passe pela Pedra do Baú, Campos do Jordão e Pico do Diamante! Foram 46 km neste dia ! Obrigado a todos pela torcida."
 "Amanhecer do dia 2 da travessia, próximo ao Pico do Diamante. Este foi o dia mais exaustivo psicologicamente, após descer o Pico do Diamante, segui para o Pico do Itapeva, e entrei na Trilha Sertão dos Moreiras, trilha que estava bem demarcada até os seus últimos 1.5 km. Neste ponto a mata tinha envolvido totalmente o que um dia foi uma trilha e isso fez com que eu ficasse quase 3 horas percorrendo a mata atrás de um caminho alternativo, foi uma situação a qual me ensinou muito sobre paciência, determinação e calma. Após 3 horas de voltas e voltas em meio ao mato decidi seguir em frente mesmo sem trilha e assim foi, varando mato durante 1.5 km até chegar a estrada de terra que me levaria ao meu destino final naquele dia: Pico do Carrasco. Porém já era 4 da tarde e eu teria que caminhar ainda 25 km. Caminhei até as 19:40, a névoa estava bem densa e por sorte encontrei no caminho a sede de uma fazenda, inde o caseiro me abrigou por aquela noite. Neste dia foram 41 km rodados. Ter paciência para entender, calma e determinação para resolver. Obrigado Pai. Namaste!"
´fotos:ap


Nenhum comentário: