sexta-feira, 28 de julho de 2017

"Clodimar do crime ao santificado popular"
  No Teatro Reviver amanhã e domingo, em duas sessões diárias:- 18 e 21 horas.
 No palco os atores Flávio Amado, José Paulo, Kemmy Yot, Luthero de Almeida e Márcia Costa, dirigidos por Roberto Corbo e Tânia Farias. Com registro em foto e vídeo por Felipe Halison e Renato Domingos.

A peça é baseada no caso mais perverso da história policial de Maringá, o assassinato do jovem Clo, de 15 anos, apontado como ladrão pelo gerente do hotel em que trabalhava, foi torturado pela polícia até a morte, em pau de arara, no dia 23 de novembro de 1967.
O pai de Clo veio do Ceará e vingou sua morte assassinando Atílio Farris, que o acusou injustamente.
 O pai foi julgado e absolvido.

Desde sempre o túmulo do jovem é visitado por pessoas que creem em sua santificação. Orando e pedindo milagres.
E muito afirmando ter alcançado a graça.
 Arte: Mario DonLeal


Nenhum comentário: