quarta-feira, 8 de março de 2017

#instaronis
Expô organizada por Ronis Furquim discute influência do Instagram na fotografia artística. Abertura hoje, quarta-feira, às 15 horas, na Câmara Municipal de Maringá. Até 25 de março podendo ser visitada das 8 às 18horas, de segunda a sexta-feiras, com entrada franca.
**
O artista plástico Ronis apresenta uma série de fotos originalmente publicadas em seu Instagram e, agora, impressas para a exposição visando debater a banalização da fotografia, impulsionada pela evolução tecnológica dos celulares e pela cultura das redes sociais. Nas fotos expostas percebe-se o inusitado olhar do artista sobre variadas situações cotidianas. As cenas misturam o impacto visual de objetos registrados sob ângulos não usuais, com a beleza única de paisagens, poentes e outras visões da natureza.
**
Fotografia é uma língua estrangeira que todo mundo acha que sabe falar”, segundo Sarah Meister. Por isso se diz que qualquer um vira fotógrafo com o Instagram. Com apenas um clique, e uso de filtros, imagens banais ganham um toque artístico. Certamente, a tecnologia estreitou os laços entre o indivíduo e a fotografia. Mas até que ponto ela também leva a uma banalização da cultura visual? Essa intensa rotatividade das informações visuais prejudica a apreciação das artes fotográficas? Assim, essa banalização das imagens pode desdobrar-se em uma banalização do ofício do fotógrafo?" - Ronis Furquim



Nenhum comentário: